Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Cursos > Uncategorised > Curso de Infantaria
Início do conteúdo da página

                                                 INFANTARIA                                                 

infantaria2

A Infantaria compreende o conjunto das tropas de um exército particularmente apto para realizar o combate a pé, ainda que utilizando-se de meios de transportes terrestre, aéreos ou aquáticos, para o seu deslocamento. É, por excelência, a arma do combate aproximado, apta a operar em qualquer tipo de terreno e sob quaisquer condições de tempo e visibilidade .Na ofensiva, sua missão é cerrar sob o inimigo para destruí-lo ou capturá-lo, utilizando-se , para isto, do fogo, do movimento e combate aproximado. Na defensiva, sua missão é manter o terreno, impedindo, resistindo ou repelindo o ataque inimigo, por meio do fogo e do combate aproximado, expulsando-o ou destruindo-o pelo contra-ataque. Na defesa integrada participa, com as demais forças legais, na execução das ações preventivas, repressivas e operativas. Devido às suas características, torna-se instrumento decisivo, quando empregada na garantia da lei e da ordem.

 

                               ATIVIDADES DURANTE O CURSO                               

 

 As atividades do Curso de Infantaria no período de qualificação :

1) Semana da INFANTARIA, onde a família Infante cultua as tradições da Arma de Sampaio e reverencia o seu patrono.
2) Exercícios no terreno, sempre procurando desenvolver as atividades características da Arma de Infantaria, com a realização das seguintes instruções práticas: PATRULHAS E OPERAÇÕES DE GARANTIA DA LEI E DA ORDEM; TIRO de Canhão 84mm, de Canhão 106mm, de AT-4 e de Metralhadora MAG; OFENSIVA E DEFENSIVA ;TIRO de Morteiro 81MM, 60MM e MORTEIRO RO; e Operação Ribeirinha (esta última em Furnas e as demais no CIGMAL).

foto2

foto1

  

                                   PATRONO DA INFANTARIA                                   

patrono sampaio

BRIGADEIRO ANTÔNIO DE SAMPAIO

No remoto povoado de Tamboril, recanto desconhecido da então Capitania do Ceará, na Fazenda Vítor, nasceu, a 24 de maio de 1810, aquele que, por seus feitos meritórios, viria a ser o insigne Patrono da "Rainha das Armas".
Sampaio ingressou nas fileiras do Exército ainda jovem e, por sua extraordinária atuação nas lutas contra cabanos, balaios e praieiros, alcançou o posto de Brigadeiro.
Na Batalha de Tuiuti, o Brigadeiro Sampaio, com sua brilhante Divisão Encouraçada, deteve o inimigo e, no meio de fogo infernal, dirigiu ousadamente suas manobras.
Empunhando sua espada invicta, Sampaio participou, dentre outras, da Campanha da Tríplice Aliança, à frente da Divisão Encouraçada onde, na Batalha de Tuiuti, a maior batalha campal da América do Sul, recebeu três ferimentos mortais e eternizou-se na História do Exército, como o mais distinto dos INFANTES.

 

                                      CANÇÃO DA INFANTARIA                                    

Letra: Hildo Rangel
Música: Thiers Cardoso

Nós somos estes infantes

Cujos peitos amantes
Nunca temem lutar;
Vivemos,
Morremos,
Para o Brasil nos consagrar!

Nós, peitos nunca vencidos
De valor desmedidos,
No fragor da disputa
Mostremos
Que em nossa Pátria temos
Valor imenso
No intenso da luta.

És a nobre Infantaria,
Das armas a rainha,
Por ti daria
A vida minha, e a glória prometida,
Nos campos de batalha,
Está contigo
Ante o inimigo
Pelo fogo da metralha!

És a eterna majestade
Das linhas combatentes,
És a entidade,
Dos mais valentes
Quando o fogo da vitória
Marca nossa alegria
Eu cantarei,
Eu gritarei:
És a nobre Infantaria!

Brasil, te darei com amor,
Toda a seiva e vigor,
Que em meu peito se encerra,
Fuzil!
Servil!
Meu nobre amigo para guerra!

Ó meu amado pendão,
Sagrado pavilhão,
Que a glória conduz!
Com luz
Sublime
Amor se exprime
Se do alto me falas,
Todo roto por balas!

REFRÃO { És a nobre Infantaria...}

Fim do conteúdo da página